NOTÍCIAS

OS JOVENS ARQUITETOS DA HISTÓRIA DA PASSARELA DE CONGONHAS

"A obra é do início dos anos 1970. A novela por sua reconstrução já tem 17 anos. Tanto tempo pode explicar como a saga de uma histórica passarela de pedestres anexa ao Aeroporto de Congonhas pode envolver gerações: três, no caso da família Artigas; duas da família Camargo...."

Adicione informações sobre este item..

COWORKING / LOJA 1

"Para o grupo de jovens arquitetos, um edifício dos anos 70, projeto do arquiteto carioca Américo Rodrigues Campello, era o lugar ideal para abrir um pequeno e acolhedor coworking. Localizado no final da Av. Angélica próximo à Av. Paulista, o edifício tem no térreo um agradável jardim, que adentra o lote desde a rua, e uma sequencia de oito lojas comerciais intercaladas pelas portarias de três blocos..."

Adicione mais informações sobre este item..

Começa hoje a 2ª edição do SP_URBAN DIGITAL FESTIVAL

"A novidade desta edição é a ocupação da Alameda das Flores, uma passagem de pedestres que liga a Avenida Paulista à Rua São Carlos do Pinhal. A travessa se transformará em um “mirante”, proporcionando aos pedestres uma visão incomum do prédio da FIESP...."

Adicione mais informações sobre este item..

MARCO ARTIGAS, O ARQUITETO DO MIRANTE

O SP_Urban Digital Festival chegou ao fim. O maior festival de arte multimídia da América Latina se despede de São Paulo e deixa um saldo mais que positivo.

Uma das grandes novidades desta segunda edição foi, sem dúvida, o Mirante construído na Alameda das Flores. A instalação, construída para dar um novo ângulo de visão para o prédio iluminado da FIESP/SESI, deu vida a passagem entre a Av. Paulista e a Rua São Carlos do Pinhal e funcionou como uma releitura do espaço público.

Marco Artigas, o arquiteto responsável, conversou com a gente sobre a instalação:

Please reload